Principal

Aprendizados Dicas

03/02/2021 / 22 dias atrás

Como podemos lidar melhor com as emoções das crianças?

Como podemos lidar melhor com as emoções das crianças?

Quantas vezes, no mercado, você já viu uma criança chorando ou fazendo birra? A mãe e o pai, às vezes, ficam meio sem jeito, sem saber o que fazer ou acabam perdendo a paciência.

Ou que tal você no parquinho com seu filho vendo-o brincar alegre, porém um pouco aflita porque ele está isolado de outras crianças, meio triste?

Como a emoção da criança define seu comportamento? Como vamos lidar com sua atitude e sentimento?

Se você já viveu algo assim ou já testemunhou isso, leia abaixo algumas dicas de como podemos lidar melhor com as emoções da criança.

 

Foto de Ba Phi no Pexels

 

O que são emoções?

As emoções são percepções que temos de forma emocional ou física. Elas são provocadas por impulsos vindos de um sentimento ou acontecimento.

Segundo Paul Ekman – autor do livro “O corpo fala” – a emoção é uma mistura de um estado biológico e psicológico acrescentado de um conjunto de tendências para agir. Entre elas podemos destacar:

· raiva;

· tristeza;

· medo;

· prazer;

· alegria;

· repulsa;

· surpresa;

· seriedade;

· vergonha etc.

Ekman observou a rapidez com que as emoções nos envolvem e como nos mobilizamos diante das emergências sem perder tempo. A emoção pode ser rápida, durar alguns minutos, horas ou dias.

E nós adultos, como devemos agir? Sendo pais ou responsáveis devemos nos atentar primeiro a nossa emoção. Termos autoconhecimento é fundamental para lidar com a emoção da criança, além disso, devemos ser empáticos!


 

Como a criança expressa sua emoção?

Primeiramente, devemos entender que o mundo sob a ótica de uma criança é diferente do mundo como o conhecemos. Seu universo é importante, é real e deve ser respeitado.

Dependendo da idade ou maturidade, ela ainda pode não saber o quanto se expressar verbalmente e, por isso, o corpo vai se manifestar.

Essa demonstração emocional deve ser levada à sério e devemos estar prontos para tal ocorrência, seja ela qual for:

· gritar;

· chorar;

· atirar-se ao chão;

· sair correndo;

· fazer silêncio;

· ficar parada, entre outros.

Acolher estes sentimentos positivos ou negativos não quer dizer que a criança será mimada. Significa que vai ajudá-la a compreender tal sentimento e prepará-la para enfrentar outras situações.


 

A importância de conhecer e controlar as emoções

Tomar decisões mais saudáveis e conscientes são frutos do conhecimento e controle das emoções.

Quantas vezes dizemos “acalme-se”, “respire fundo”, para não se precipitar com atitudes equivocadas?

Se a criança já pode desenvolver este controle desde cedo, com certeza, será uma pessoa mais equilibrada e autoconfiante.

Vejamos alguns exemplos de situações em que ela pode se controlar:

· não reagindo a provocações de outras crianças ou até mesmo dentro de casa, de irmãos;

· compreender o porquê de não ter tal brinquedo ou alimento naquele momento;

· não poder repetir uma sobremesa;

· não jogar coisas ao seu redor devido a alguma frustração;

· tirar nota ruim;

· gritos excessivos;


 

Como lidar com a emoção da criança

Cada vez que amparamos essas emoções, aumenta o vínculo da criança com a gente.

Assumir uma postura madura, firme e acolhedora é uma técnica eficiente a fim de gerar confiança e respeito.

Quando não há gritos, ameaças, castigos ou até recompensas, o comportamento da criança é positivo. A consciência de que ela está se exaltando ou que passou dos limites faz com que mude sua postura.

Veja alguns exemplos de como lidar com estas emoções:

· converse “olho no olho”;

· seja verdadeiro;

· estimule sua autonomia;

· fale sobre os sentimentos;

· faça-a descobrir o que está sentindo;

· elogie o bom comportamento;

· ensine-a a olhar para o outro, a ter empatia;

· imponha limites;

· ensine a lidar com os erros e que podemos aprender com eles


 

Dicas para falar das emoções com a criança

Tal como falamos antes, a partir do momento em que a criança entende e se conscientiza de sua emoção, seu crescimento será muito mais fácil e equilibrado.

Sua comunicação será objetiva, suas atitudes igualmente pertinentes e haverá menos repressões.

Listamos abaixo algumas dicas de como falar das emoções com as crianças:

· invente histórias que tenham situações passíveis de serem vividas;

· se tiver medo de algo, ajude a enfrentar esse medo sendo seu parceiro e não o julgue;

· ensine o nome das emoções com palavras fáceis;

· mencione que errar faz parte da vida, que é normal;

· exalte quando perceberem sentimentos negativos de forma positiva;

· seja empático, caso faça alguma birra não castigue;

· relembre fatos de sua infância e compartilhe as emoções vividas;

· vejam filmes juntos que trabalhe esse tema;

· ilustre as emoções através de imagens para desenhar ou pintar;

· em último caso, procure ajuda de especialistas.


 

Diante de todo o exposto, vimos o quanto é importante a criança saber lidar com as emoções. Isto é um grande passo para seu desenvolvimento individual e se tornar um adulto seguro e autônomo.

A longo prazo, ter inteligência emocional trará vantagens em relação a sua vida pessoal e profissional. Sua capacidade de lidar com as pessoas será um grande diferencial em qualquer escolha.

Se você lidar bem com a emoção da criança, ela terá maior autoestima, será mais focada, determinada e com maior tendência ao sucesso.

A laluka oferece uma grande variedade de jogos e brinquedos em diversas categorias que trabalham diversos aspectos e emoções nas crianças de 0 a 6 anos.

Clique aqui e saiba mais.

 

 

Conta pra gente o que achou!

0 comentário

Deixe seu comentário

Comentário

Nome

E-mail

Quanto é 2 + 0?

NEWSLETTER

Digite seu e-mail

Não se preocupe, também não gostamos de SPAM :)

Como podemos lidar melhor com as emoções das crianças? - Blog da laluka

Todos os direitos reservados | LALUKA BRINQUEDOS COMÉRCIO VAREJISTA LTDA | 34.005.823/0001-21