Principal

Dicas Aprendizados

03/02/2021 / 3 meses atrás

A importância do brincar livre na educação infantil

A importância do brincar livre na educação infantil

Mãe, posso brincar aqui? Pai, vou até ali e já volto. Tio, vamos brincar de foguete? Vovó, vamos brincar de cozinhar?

 

Quem já não passou por uma experiência igual ou parecida? A linguagem da criança é o brincar.

 

A gente vive correndo atrás, pedindo pra tomar cuidado pra não se machucarem, pra arrumarem os brinquedos, irem pro banho, pra comerem tudo...enquanto estamos nos virando nos 30 pra dar conta dos afazeres e da bagunça toda, as crianças estão com a cabeça no brincar e querem se divertir ?

 

Se você tem uma criança que brinca em qualquer lugar e qualquer espaço, com certeza já terá alguém com criatividade e fácil sociabilidade.

 

Agora, se a criança fica imersa num mundo de estímulos forçados como a TV, celular, videogame ou tablet, de que modo fica a questão do brincar livre? De que forma podem exercitar a imaginação e gastar aquela energia de forma saudável, alegre e desafiadora?

De que maneira pode haver criatividade em mundos já construídos? Leia abaixo e entenda a importância do brincar livre!

 

O que é brincar livre?

O brincar livre é a atividade lúdica da criança. É montar seu próprio mundo e imaginar.

Seguem algumas características do brincar livre:

· não tem regras nem imposições

· não tem estímulo para determinada função ou aprendizado

· não tem meta para algum objetivo

· a criança é livre para explorar

· não há tempo determinado

· não há presença direta do adulto

· não existe formato e padrão

Pode parecer uma liberdade exagerada neste sentido, tudo solto, mas é justamente isso de que as crianças precisam.

 

A seriedade do brincar livre

Essa forma de deixar a criança brincar livremente tem um papel relevante em seu desenvolvimento.

 

Com isolamento devido à pandemia, além dos brinquedos educativos, outros materiais podem ajudar nesta criatividade.

 

O adulto deve ficar de longe, supervisionando. Se for chamado, pode participar.

 

Ele tem de ser um facilitador e pode ajudar com algumas ações:

· propiciar um ambiente adequado

· disponibilizar brinquedos não planejados

· permitir um tempo para a criança observar e agir

· evitar sugestões e interferências

· observar a criança no mundo dela

 

O espaço é um lugar de grande percepção. Vários aspectos são observados, como mobília, textura, iluminação, cheiros, cores. Tudo isto faz parte da ação do brincar.

 

O brincar livre ajuda na compreensão de como com situações do cotidiano, familiares, coisas novas e até as que fogem dos padrões.

 

A criança faz o próprio enredo e potencializa sua própria história.

 

Nessa pandemia, estamos mais parados, contudo, voltando às atividades abertas, deve-se aumentar mais esse tempo.

 

Um exemplo que podemos citar é o movimento Slowkids. Um programa que defende a desaceleração da rotina da criança e a valorização do tempo livre na infância.

 

Os benefícios do brincar livre

Com o brincar livre a criança se reconhece no mundo e constrói seu papel. Mesmo de forma lúdica já há uma construção de identidade e desenvolvimento da personalidade.

 

Listamos alguns motivos que beneficiam a criança ao deixá-la brincar livremente:

1. promove autonomia

2. aguça a imaginação

3. estimula as percepções corporais

4. melhora a comunicação

5. encoraja a interagir com outras crianças

6. aperfeiçoa a fala através de sons, conversas e repetições

7. fortalece os laços familiares

8. desenvolve o equilíbrio em seu comportamento (foco, concentração)

 

Materiais para ajudar no brincar livre

 

Para inspiração e diversão, somente canetas, papel, tintas e outros itens de papelaria não são suficientes. Por que não dar uma incrementada, sem precisar gastar muito? Por exemplo:

· fita crepe

· bexiga

· alfabeto

· papel contact

· papel alumínio

· rolo de papel higiênico

· caixa de fósforos vazia

· algodão

· cola

· brinquedos de cozinha

· almofadas

· caixas de papelão

 

Que tal mais uma dica? Colocar um fundo musical também pode ajudar a estimular a brincadeira. Monte uma playlist instrumental com estilos diferentes como rock, salsa, jazz, mpb, tango, samba.

 

Você vai de certo modo ensinando a criança pelo bom gosto da música através da memória e do lúdico.

 

O brincar faz parte do desenvolvimento da criança. Ela tem o direito de brincar, não é uma simples necessidade.

 

Vários são os documentos que demonstram a importância e o direito de brincar, tais como:

· Constituição Federal (art. 227, caput)

· Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA - art. 16 § 4º)

· Convenção dos Direitos da Criança (CDC – art. 31)

· Organizações sociais que resguardam o direito de brincar

“O brincar não se mede, não se avalia se aquela é ou não uma boa brincadeira. Qualquer brincar que não seja espontâneo deixa de ser brincadeira para se tornar atividade” diz Renata Meirelles, educadora e criadora do projeto Território do Brincar. “Acredite no potencial do brincar e dê tempo para as crianças. Deixe-as irem, mas não as abandone. [...] Não precisa brincar junto o tempo todo. Ganha-se mais observando ativamente a criança na sua integridade do brincar”.

 

Isto é o brincar livre. Vamos aproveitar este conhecimento e compartilhar com quem precisa saber um pouquinho mais sobre isso?

Até a próxima!

Conta pra gente o que achou!

0 comentário

Deixe seu comentário

Comentário

Nome

E-mail

Quanto é 2 + 3?

NEWSLETTER

Digite seu e-mail

Não se preocupe, também não gostamos de SPAM :)

A importância do brincar livre na educação infantil - Blog da laluka

Todos os direitos reservados | LALUKA BRINQUEDOS COMÉRCIO VAREJISTA LTDA | 34.005.823/0001-21